Translate

Como eu descobri que sou asmática

Logo nos primeiros dias de vida eu já quase matei mamãe de susto com crises de falta de ar. Mesmo sempre escutando dos médicos que a bebê dela não "vingaria" ela persistiu na busca por ajuda (thank you so much, Mom). Até conseguir um diagnóstico preciso demorou.

Na época ela descobriu que eu era super alérgica a vários agressores, tais como poeira, perfume, tinta, esmalte e qualquer outra coisa que tinha cheiro mais forte.  Ou seja, se algum parente fosse me visitar usando perfume, isso seria o suficiente para fechar minhas vias aéreas e nos obrigar a fazer mais uma corrida a emergência.

Conforme o tempo passou e os tratamentos evoluindo eu melhorei e a partir dos doze anos eu não tive mais nada. Finalmente pude usar perfume e passar esmaltes (quanta alegria).

A partir dessa idade a vida foi ficando normal para mim. Por causa dos tratamentos a base de corticoide eu estava o tempo todo muito inchada e ganhava muito peso. Além disso, os remédios não eram tão eficazes e a minha insuficiência respiratória não me deixava brincar como todas as outras crianças. Eu me cansava muito, mas muito rápido mesmo.

Aos doze anos, pela primeira vez eu consegui brincar, correr e me divertir pra valer sem me sentir mal. A vida se tornou cor de rosa.

Cresci praticando esportes, eu era viciada nisso. Acho que era pra tirar o atraso dos primeiros anos de vida.

Me formei em educação física, minha paixão!! Casei, tive filho, ou melhor, tive filho e me casei rs.

Depois de casada a atividade física e profissão ficaram em segundo plano. Porém no geral, a vida era normal eu não tinha nenhuma restrição.

MAS TUDO IRIA MUDAR DE NOVO...


Em setembro de 2016 voltei para a academia (veja aqui) e me senti super bem, como de costume. Porém no segundo mês de atividades intensas eu comecei a ter falta de ar após os exercícios.

Demorei a aceitar que eu precisava buscar um médico, não queria passar por tanta restrição de novo.

Até que chegou um dia em que eu passei tanto mal em uma aula de dança, que fui parar no hospital. Desde então comecei uma bateria de exames e que finalmente acusou asma.

Meu chão se abriu, lá vamos nós para tratamentos longos de novo. Mas diferente da minha infância, hoje os remédios são modernos e provavelmente me darão uma boa qualidade de vida e eu voltarei a me exercitar com a mesma intensidade de antes. Assim eu espero,

O dia do médico, o diagnóstico e tudo mais eu gravei no vídeo abaixo e você pode conferir cada passo que eu dei no dia em que descobri que sou asmática.

0 comentários:

Postar um comentário

Olá, seja bem vinda (o) ! Deixe um comentário, sua opinião é muito importante pra mim! Beijo, Pry.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Artigos